A pandemia do novo coronavírus fez a população mudar alguns hábitos de higiene, entre eles a esterilização das mãos usando o álcool gel. Contudo, o uso do produto precisa de alguns cuidados essenciais para evitar que acidentes aconteçam. O Corpo de Bombeiros do município de Campo Grande não teve nenhum chamado neste sentido, mas decidiu fazer o alerta para a sociedade.

As pessoas que carregam álcool gel e necessitam de carro para se locomover precisam tomar algumas precauções. Se o produto for esquecido dentro do veículo, o risco de uma acidente é real, principalmente se o álcool estiver sendo armazenado em vasilhames que não são adequados, pois podem acabar gerando combustão.

 

“Houve um período da falta deste produto e as pessoas foram se adaptando, pegando um pouquinho aqui, emprestando um pouquinho dali e colocando em garrafas pet, por exemplo. O produto sai de uma embalagem para outra, na maioria das vezes a não adequada para ele. No caso do álcool líquido, que evapora rapidamente, a combustão é mais rápida ainda se for exposto ao sol”, explicou Fernando Carminati, tenente-coronel da corporação durante uma entrevista concedida ao portal de noticias G1.

Segundo o militar, a orientação é que a pessoa faça uso de água e sabão para higienizar as mãos, caso não consiga achar o álcool gel disponível no mercado. Já para quem tem o produto, tanto em sua forma líquida quanto em gel, o ideal é carregar consigo para onde estiver indo e evitar deixar o produto dentro do veículo.

Um internauta usou sua rede social para fazer um alerta sobre esse tipo de situação. Ele alertou sobre um acidente que aconteceu devido o produto ficar exposto ao sol. Muitos discutiram se a postagem é realmente verdadeira ou não. No post, o usuário da rede alerta sobre deixar álcool gel dentro do carro no sol. Segundo ele, o carro teria pegado fogo e por sorte um vizinho ajudou apagando as chamas evitando que algo pior acontecesse.

Deixar uma resposta